1a

Herdade dos Arrochais
Vinho Espumante DOC Alentejo
Bruto Natural Reserva
Tinta Caiada

Pretendia-se a criação de uma imagem glamourosa, que desse grande destaque à única casta utilizada na produção deste vinho – Tinta Caiada – que não é habitualmente utilizada na produção de grandes vinhos, sendo este espumante o pioneiro na utilização desta casta, tendo resultado daqui um produto de excepcional qualidade, próprio para connoisseurs.

Em termos de criação, um dos grandes desafio que foi necessário ultrapassar foi o formato da garrafa escolhida que não permitia um rótulo de grande ou média dimensão, pelo que fomos limitados pela pequena dimensão da área util para podermos transmitir toda a imagem, conceito e informação pretendida.

O conceito escolhido para este vinho foi inspirado no universo da Belle époque e na linguagem visual Art Noveau apresentando formas orgânicas, com escapismos para a natureza, que dão seguimento ao logótipo da empresa que também é o nome do vinho – Herdade dos Arrochais.

Para a garrafa criou-se um rótulo negro com detalhes ricos em pormenores, realçados por um exuberante estampado rosa, que reforçam o cariz deste espumante e o seu caracter intimista e selectivo, transmitindo nobreza e elegância. Para completar, desenvolveu-se uma caixa onde predomina um intenso rosa que contrasta com a garrafa e completa o packaging.

5a

“A Tinta Caiada é, das casta tradicionais do Alentejo, uma das mais desconhecidas e talvez das mais mal amadas.
Os seus vinhos caracterizam-se por serem de cor muito aberta, pouco alcoólicos e de acidês bastante viva. Por estas características os produtores e os enólogos, com menos memória, a têm tratado como uma casta proscrita. Porque os seus vinhos não são carregados de cor, de taninos e de estrutura opulenta. Mas abertos de cor, delicados e elegantes. Mas são exactamente estes atributos os fundamentais para a criação de espumantes de alta qualidade.
Esta casta quase escondida das atenções gerais, revela-se aqui como uma das castas mais nobres do Alentejo no esplendor e carácter de um espumante inédito.”  — Enólogo Mário Caldeira Andrade

4

3a